Skip to content

.

institucional

Foi em 1979 que foram iniciadas as primeiras atividades do que viria a ser o Banco de Olhos de Sorocaba (BOS)

Foi em 1979 que foram iniciadas as primeiras atividades do que viria a ser o Banco de Olhos de Sorocaba (BOS), atualmente a maior referência em captação e transplantes de córneas em toda a América Latina.

Na ocasião, membros da sociedade sorocabana foram incentivados por alguns médicos que atuavam na área de transplantes de córneas em São Paulo para que fizessem o trabalho de captação de córneas, por meio do Conjunto Hospitalar de Sorocaba (CHS). Funcionava assim: as córneas eram coletadas em Sorocaba, cidade que fica a 100 km da capital, e enviadas para serem transplantadas nos hospitais de São Paulo.

Porém, por se tratar de um procedimento delicado, complexo e que envolvia uma série de cuidados específicos, cerca de cinco anos após o início da parceria com Sorocaba, todo esse sonho estava ameaçado de ser interrompido. Foi quando o Sr. Pascoal Martinez Munhoz, atual presidente da instituição, conheceu o trabalho e foi convidado a encerrar as atividades e dar um destino aos pertences da Instituição. Mas, para a sorte de milhares de pessoas transplantadas desde o início de suas atividades, Pascoal apostou na profissionalização da ação e deu início a uma nova fase da nossa história.

Com uma mudança estratégica simples, mas extremamente poderosa para a coleta de córneas, deixamos de atuar exclusivamente com o CHS e passamos a trabalhar dentro de um serviço funerário, abrangendo praticamente todos os óbitos que ocorriam na cidade, o que aumentou substancialmente o número de doações. Além dessa importante mudança, Pascoal deu início a uma grande campanha contínua de conscientização sobre a importância da doação, que é mantida até os dias atuais.

Com tanta gente trabalhando por essa causa, os resultados positivos começaram a aparecer e não demorou para a notícia de que em Sorocaba havia muitas córneas disponíveis para transplante se espalhar e pessoas de diversas regiões do país virem à cidade, em busca de atendimento médico e de transplantes.

 

Hoje, como uma instituição filantrópica sem fins lucrativos, nos tornamos um dos motivos de maior orgulho para Sorocaba e região e somos reconhecidos como um dos maiores Bancos de Olhos do mundo. Nossa importância extrapola o significado do próprio nome, já que, atualmente, o grupo ao qual pertencemos reúne um conglomerado de instituições. E todo o nosso trabalho pode ser resumido de uma forma muito simples: ajudamos as pessoas a verem o mundo com outros olhos!

.

Unidades

Banco de Olhos de Sorocaba

Da pequena sala no Conjunto Hospitalar de Sorocaba, ao maior centro de captação e transplantes de córneas da América Latina. Podemos resumir desta forma nossa trajetória. Atualmente, cerca de 1.000 córneas são captadas mensalmente e processadas em nossos dois laboratórios: o de Sorocaba e o de São Paulo.

Inaugurada em 2007, nossa unidade na capital paulista foi criada com o objetivo de suprir a demanda por córneas na Grande São Paulo. O Banco de Olhos (atividades de captação, avaliação, processamento, armazenamento e disponibilização de córneas) foi certificado pela 1ª vez em fevereiro de 2007, na ISO 9001, pela empresa alemã BRTUV.

Hospital Oftalmológico de Sorocaba

Na década de 1990, já estávamos estabelecidos como uma referência em captação e distribuição de córneas. Percebemos, então, a necessidade de construir um hospital próprio, erguido em um terreno doado pela Prefeitura, localizado em uma região de Sorocaba, ainda em fase de desenvolvimento, e que cresceu fortemente após a construção do hospital.

Inaugurado em 1995, nosso Hospital Oftalmológico de Sorocaba (HOS) impressionou pela grandiosa estrutura. Era algo inédito em toda a região: um hospital dedicado exclusivamente à visão. A cidade, à época, tinha em torno de 30 oftalmologistas apenas, sendo que iniciamos as atividades do HOS com 50 profissionais.

Atendimento em Otorrinolaringologia

O empreendimento logo atingiu a capacidade máxima de atendimento. Em 2003, foi inaugurada a primeira ampliação do nosso complexo hospitalar, que proporcionou a integração de mais uma especialidade: a Otorrinolaringologia. Esta começou com uma equipe de cinco médicos especialistas. A demanda da população pelos atendimentos foi crescendo, principalmente após o convênio com a Prefeitura de Sorocaba. Em 2016, fomos credenciado ao SUS, passando a atender toda a macrorregião de Sorocaba, por meio do DRS-XVI, que integra 48 municípios.

UNIDADE MÓVEL

Após constatarmos uma procura crescente nas comunidades vizinhas por um atendimento oftalmológico de qualidade, em 1999 criamos a Unidade Móvel, uma espécie de extensão itinerante do Hospital Oftalmológico de Sorocaba (BOS-HOS). Em um ônibus adaptado, nossa Unidade Móvel conta hoje com sala de pré-consulta, um elevador para permitir o acesso de pessoas com deficiências físicas e dois consultórios oftalmológicos completos, totalmente climatizados e com equipamentos especiais para um atendimento oftalmológico global aos pacientes. Um dos principais objetivos das consultas da nossa Unidade Móvel é a prevenção de doenças oculares. Para isso, os pacientes atendidos são orientados e recebem materiais informativos que os ajudem a prevenir esses problemas e a procurar um médico na eventualidade de qualquer sintoma. Esses programas de prevenção se estendem para as escolas públicas e privadas nas cidades visitadas, propiciando um atendimento completo aos estudantes.

 

Para saber mais sobre nossa Unidade Móvel e as datas em que estaremos em sua cidade, ligue (15) 3212-7037 ou envie um email para alessandra.santos@bos.org.br

INSTITUTO BOS

Em 2017 inauguramos o prédio anexo, conhecido como Instituto BOS. Construído seguindo diretrizes de sustentabilidade, nosso Instituto conta com a captação de água da chuva, iluminação em LED e geração de energia elétrica fotovoltaica.

No Instituto funciona a Clínica Popular, conceito que surgiu da necessidade de oferecer à população que deixou de ser coberta pelos planos de saúde uma alternativa ao sistema público. Nosso Instituto abriga, ainda, toda estrutura de suporte ao Ensino e Pesquisa (salas de aulas, auditórios, bibliotecas), Salas para Telemedicina, Centro Avançado de Refração e Lentes de Contato, Centro especializado em Retina e o Poupa Tempo dos óculos.

ASAC

A ASAC (Associação Sorocabana de Atividades para Deficientes Visuais) foi fundada em 21 de março de 1969 com o objetivo de desenvolver um trabalho em benefício dos portadores de deficiência visual. Trata-se de uma sociedade civil, sem fins lucrativos, de caráter assistencial e filantrópico, que tem por objetivo habilitar e reabilitar o portador de deficiência visual, através de treinamentos específicos, em atividades e oficinas, para lhe proporcionar conhecimentos para o desempenho de diferentes tarefas, além de sua independência social. Para que possa cumprir seu objetivo, a ASAC mantém uma equipe multidisciplinar composta por terapeuta ocupacional, psicólogo, pedagogo, professor de braille, informática e técnico em orientação e mobilidade (locomoção com a bengala). Atualmente a ASAC assiste gratuitamente portadores de deficiência visual, com idades entre 5 meses e 80 anos.

Na área de Terapia Ocupacional os trabalhos são desenvolvidos com treinamentos para as atividades da vida diária e para o desenvolvimento pré-profissionalizante, proporcionando, dessa forma, possibilidade de maior independência em atividades de rotina e profissionalização.

Endereço: Rua Sete de Setembro, 344 – Centro

Telefone: (15) 3232-2786

VIDA NOVA (CRV)

Criado em fevereiro de 2013, o Centro de Reabilitação Vida Nova (CRV) nasceu com o objetivo de reintegrar pessoas com necessidades especiais à vida familiar e social, promovendo uma melhor qualidade de vida aos assistidos e a reabilitação para deficientes visuais com baixa visão, cegueira e pessoas com deficiência auditiva para suas atividades diárias. No CRV, o assistido pode usufruir do serviço de convivência para fortalecimento de vínculos, sempre priorizando a abordagem social e a integração com a família. 

 

Desta forma, o CRV fornece atendimento gratuito, sem custo algum, em reabilitação visual através de uma equipe multiprofissional nas áreas social, de saúde e de educação. 

 

A atuação do CRV compreende:

- Habilitar, reabilitar e integrar os deficientes visuais nas atividades diárias; 

- Promover a autonomia pessoal;

- Melhorar a qualidade das atividades da vida diária;

- Propiciar adaptação profissional, escolar e social;

- Auxiliar na utilização de recursos específicos para deficiência;

- Esclarecer e orientar a família quanto à deficiência.



Área de abrangência

Alambari, Alumínio, Angatuba, Apiaí, Araçariguama, Araçoiaba da Serra, Barra do Chapéu, Boituva, Bom Sucesso de Itararé, Buri, Campina do Monte Alegre, Capão Bonito, Capela do Alto, Cerquilho, Cesário Lange, Guapiara, Guareí, Ibiúna, Iperó, Itaberá, Itaóca, Itapetininga, Itapeva, Itapirapuã Paulista, Itararé, Itu, Jumirim, Mairinque, Nova Campina, Piedade, Pilar do Sul, Porto Feliz, Quadra, Ribeira, Ribeirão Branco, Ribeirão Grande, Riversul, Salto, Salto de Pirapora, São Miguel Arcanjo, São Roque, Sarapuí, Sorocaba, Tapiraí, Taquarivaí, Tatuí, Tietê, Votorantim.

 

Endereço: Rua Antônio Cândido Pereira, 121, Jardim Faculdade, Sorocaba/SP

REDE LUCY MONTORO

A Rede Lucy Montoro é uma instituição que oferece o melhor e mais avançado tratamento de reabilitação para pacientes com deficiências físicas, motoras e sensório-motoras incapacitantes. São programas específicos elaborados para atender às necessidades de cada paciente e os tratamentos são realizados por uma equipe multidisciplinar, composta pelos seguintes profissionais especializados: fisiatras, enfermeiras, fisioterapeutas, nutricionistas, psicólogos, terapeutas ocupacionais, assistentes sociais, educadores físicos e fonoaudiólogos. Desde 2018 nosso Banco de Olhos é responsável por gerenciar a unidade de Sorocaba da Rede de Reabilitação Lucy Montoro. 

Criada pelo Governo do Estado de São Paulo, pelo decreto 52.973, de 2008, regulamentada pelo decreto 55.739, de 2010, e alterada pelos decretos 58.050, de 2012, e 61.003, de 2014, a Rede de Reabilitação Lucy Montoro conta com unidades em funcionamento em todo o Estado e realiza mais de 100 mil atendimentos por mês.

 

Endereço: Rua Claudio Manoel da Costa, 287, Jardim Vergueiro, Sorocaba/SP.

Atendimento: Para ser atendido pela Rede de Reabilitação Lucy Montoro Sorocaba é obrigatório o encaminhamento médico prévio expedido por outra unidade de saúde integrante da Rede SUS.

Horário de Funcionamento: De segunda-feira à sexta-feira, das 6h às 19h.

ACADEMIA BOS FIT

Inovação é uma das nossas marcas registradas. Por isso, em 2012, inauguramos uma academia exclusiva para uso de nossos colaboradores e dependentes, proporcionando mais bem-estar e qualidade de vida para todos. Assim, mais ativos e dispostos, nossos colaboradores igualmente aumentam a produtividade e a satisfação no ambiente de trabalho, o que ainda contribui para nos posicionar em nível de excelência de gestão e qualidade. Os alunos matriculados contribuem com uma taxa simbólica para a manutenção do espaço. 

 

A BOS Fit conta com equipamentos básicos de musculação, que atendem plenamente a demanda dos frequentadores. São equipamentos tradicionais, como: para agachamento, cadeira extensora, cadeira flexora, abdutora, adutora, bancos de supino, crossover, esteiras, bicicletas ergométricas e elíptico. O ambiente é totalmente acessível, com rampas para cadeirantes e portadores de outras necessidades especiais. Todos os alunos dispõem de estrutura para testes de avaliação física, podendo acompanhar diversos parâmetros importantes na prescrição dos exercícios.

E-BOS

Nossa escola nasceu para acolher os filhos ou dependentes legais dos nossos colaboradores, seja através do Grupo BOS ou de outras empresas que com ele mantiverem convênio, comunidade e particular, atendendo a todos com carinho, complementando os cuidados e a educação realizados em casa.

Objetivo: Proporcionar condições adequadas para o desenvolvimento de capacidades de ordem física, afetiva, cognitiva, ética, de relação interpessoal e inserção social, promovendo, assim, o bem-estar da criança. Ampliar suas experiências e o estímulo no processo de conhecimento do ser humano, da natureza e sociedade, assegurando que a criança possa pensar, inventar, criar, criticar e redescobrir as soluções dos seus problemas por si mesma, sempre interagindo com outros amigos, educadores e com os pais.

.

Membros da diretoria

DIRETORIA – 19/MAR/21 à 31/MAR/23

PRESIDENTE, SÉRGIO GABRIEL     

VICE-PRESIDENTE, JOSÉ CARLOS TAVARES D’ALMEIDA

2º VICE-PRESIDENTE, JOSÉ AILTON RIBEIRO

1º TESOUREIRO, PASCOAL MARTINEZ MUNHOZ       

2º TESOUREIRO, FRANKE PAVAN

3º TESOUREIRO, JOSÉ ARTUR DE OLIVEIRA

1º SECRETÁRIO, KIYOSHI SUGIYAMA 

2º SECRETÁRIO, EDSON GREGÓRIO A. MACHADO

3º SECRETÁRIO, ANTONIO BASÍLIO BRAIT

DIRETOR JURÍDICO, ROBERTO APARECIDO DIAS LOPES

 

1º DIRETOR JURÍDICO, JOSÉ DINI FILHO

2º DIRETOR JURÍDICO, WILLIAM  CAMARGO LIMA

DIRETOR DE MARKETING, WLAMYR GUSMÃO

1º DIRETOR DE MARKETING, GLAUCIO DONIZETE E. PARRON

2º DIRETOR DE MARKETING, CARLOS AUGUSTO D’ALMEIDA

CONSELHO FISCAL, MILTON CEPELOS DE OLIVEIRA 

CONSELHO FISCAL, NELSON DEMARTINI CAPELINI 

CONSELHO FISCAL, MARCOS ANTONIO MONTORO

SUP. CONSELHO FISCAL, LÚCIO FLÁVIO DA COSTA CHAVES

SUP. CONSELHO FISCAL, FLÁVIO SOARES FILHO

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO – 20/MAR/20 À MAR/22

MEMBROS ASSOCIADOS DO BOS

 

WILSON GONÇALVES

ANTONIO NAPOLEÃO NEIVA CHRISTÓFANO

ANDRELINO DA COSTA FILHO

NEWTON RIBEIRO GUIMARÃES

PESSOAS DE NOTÓRIA CAPACIDADE PROFISSIONAL E RECONHECIDA IDONEIDADE MORAL

 

ANTONIO CLÁUDIO SIMÕES RODRIGUES

 

REPRESENTANTE DOS EMPREGADOS

 

MYLTON CRUZ JÚNIOR

.

responsabilidade social

Por sermos uma instituição filantrópica, cuja atividade inicial era a captação de córneas gratuitamente para beneficiar pessoas que aguardavam na fila de espera pelo tão sonhado transplante, podemos dizer que já nascemos de uma nobre responsabilidade social. 

Ao longo dos anos, no entanto, nossa atuação social acompanhou o crescimento do Grupo, tornando-nos cada vez mais relevantes para a sociedade. Do Hospital Oftalmológico de Sorocaba (HOS) surgiu a assistência médica especializada em Oftalmologia para atender à demanda da cidade e da região, principalmente do SUS. Como complemento dessa atividade, investimos em ações preventivas de saúde visual e pesquisa científica. 

Mais tarde, foi a vez da especialidade Otorrinolaringologia ser incorporada a essa lista e, desde então, firmamos uma parceria com o Governo Público Municipal e Estadual para diversificar nossas atividades, sempre visando o bem-estar, o ensino, a formação na educação infantil e o aperfeiçoamento médico.

.

Linha do tempo

.

Calçada da fama

Em 8 de fevereiro de 1960 era inaugurada a calçada da fama, um dos mais famosos passeios ao longo das ruas Hollywood Boulevard e Vine Street, em Hollywood, Califórnia, Estados Unidos. A calçada é hoje constituída por mais de 2 mil lajes com estrelas que fazem menção a celebridades honradas pela Câmara do Comércio de Hollywood pelas suas contribuições para a indústria do entretenimento.

Seguindo a mesma ideia de homenagear aqueles que contribuíram com a formação de profissionais qualificados para dar continuidade ao nosso grande projeto de atendimento social, em 2017, nosso hospital ganhou sua própria Calçada da Fama, criada para homenagear os patronos das suas turmas de Residência Médica de Oftalmologia e Otorrinolaringologia, bem como presidentes de honra do Simpósio Internacional do Banco de Olhos de Sorocaba (SINBOS), palestrantes internacionais que vêm à nossa instituição para colaborar com o trabalho desenvolvido.

Além da Calçada da Fama, criamos a Parede da Fama, uma área reservada dentro do hospital para homenagear grandes profissionais da área da saúde (cirurgiões), onde cada um dos homenageados tem suas mãos imortalizada em uma forma de gesso e exposta nesta área especial.

.

Nossos números

NÚMEROS DO BOS

De 1984 até 2020

0 00
Número de córneas captadas
0
Número de transplantes realizados
0
Número de médicos formados - Oftalmologia
0
Número de médicos formados - Otorrinolaringologista